O Motor 318 V-8

O Motor 318 Chrysler

O primeiro motor Chrysler 318 V8, teve sua produção iniciada nos Estados Unidos da América em 1957. Ao contrário dos 440 V8 ele não foi concebido para ser um propulsor de alto desempenho, mas sim para equipar os modelos de baixo preço da empresa, como Plymouth e Dodge, nos quais o aspecto principal era o baixo custo de manutenção e a "economia" de combustível.

Somente dez anos depois é que surgiu, nos E.U.A., o 318 "LA", 27 quilos mais leve e que seria produzido no Brasil para equipar os carros da linha Dodge Dart e os caminhões e utilitários Dodge. Os cabeçotes foram reprojetados, mas a taxa de compressão foi reduzida de 10:1 para 9,2:1. Em 1970 diminuiu-se a taxa ainda mais, que foi para 8,4:1, a mesma utilizada pelos nossos Dodge Charger R/T até 1976, pois em 1977 ele passou a ter 7,5:1. Oito anos depois o 318 norte-americano passou a contar com um carburador quadrijet, bem como com os cabeçotes do motor 360 V8.

O motor - fundido nas instalações da antiga fábrica da International Harvester, em Santo André (SP) - era o mesmo dos caminhões D-700, o clássico 318 V8 de 5.212 cm³ e 198 hp de potência máxima a 4.400 rpm que, apesar de alimentado por um péssimo carburador duplo DFV permitia ao veículo desenvolver mais de 180 km/h, fazendo o Dart tornar-se o mais veloz carro brasileiro de produção seriada na época.

Fonte: Revista AM Classic, n.º 21


« Voltar