A História do Motor V-8

O Nome é Mágico: "V8"

A simples menção: "V8", faz alguns tremerem e outros suspirarem, afinal V8 é sinônimo de muita potência, mas nem sempre foi assim.

O primeiro motor com cilindros dispostos em "V" foi construído em fins de 1890 pelo alemão Gottlieb Daimler. Era um bi-cilíndrico com 3,5 cv de potência. Daimler, nascido em 1834, trabalhou anteriormente com Nikolaus August Otto (criador do motor de 4 tempos) até em 1872, quando então resolveu abrir sua própria oficina perto de Stuttgart. Lá passou a contar com a colaboração de Wilhelm Maybach, outro técnico formado também nas oficinas de Otto.

Nesse mesmo ano funcionou o primeiro motor Daimler-Maybach. Em comparação com o motor fabricado por Otto, que funcionava a 200 rpm, o Daimler-Maybach era um motor ligeiro e de alta velocidade que alcançava mais de 900 rpm. Este motor foi posteriormente instalado numa carruagem rudimentar a que foram retirados os varais. Os motores Daimler iam sendo constantemente aperfeiçoados e passaram a ser alimentados por um carburador de concepção revolucionária, desenhado por Wilhelm Maybach.

Em 1906 apareceu uma série de motores franceses, criados por Antoine Lavoisier (Paris, 1743 à 1794). De forma geral todos esses motores eram grandes, não apenas V8, mas também V12 e até mais, eram arrefecidos à ar ou à água. Porém eram sempre montados em esquemas multi-blocos, ou seja, eram unidos dois blocos de quatro cilindros para se chegar a um motor V8.

No setor automobilístico os motores com mais de um cilindro, dispostos em "V' só se difundiram quando o progresso tecnológico permitiu construir esses motores em um bloco único. A pioneira nisso foi a indústria norte-americana, entre 1906 e 1914.

O grande sucesso, contudo, aconteceu somente em 1932, quando a Ford lançou seu automóvel com motor V8, que custava apenas 10 dólares a mais que a versão equipada com o motor de quatro cilindros (com isso, tornou-se o motor construído com o maior número de exemplares no mundo), e só após isso montadoras como General Motors e Chrysler Motors passaram a utilizar motores V8 em seus veículos.

Adaptação: William Furlan


« Voltar